CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

sábado, outubro 13, 2007

Al Gore Ganhou o Prémio Nobel da Paz.


~~
Da Paz de espírito??
.
Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.

4 Comentários:

Blogger Apache disse...

Alguns Nobel da Pás… Perdão da Paz…

1970 – Norman Borlang, pela “invenção” do milho geneticamente modificado. (tem tudo a ver).
1973 – Henry A. Kissinger, talvez por ter mandado bombardear o Vietname com “agente laranja”, ou então pelo bombardeamento com “napalm”. Talvez tenha sido por ter “produzido” os golpes de estado no Chile e no Uruguai, nesse ano (73). Pela quantidade de gente inconveniente que mandou a CIA “despachar”. Estou indeciso… Talvez tenha sido, pela “carta-branca” que passou à Indonésia para invadir Timor Leste.
1975 – Andrei Sakharov, talvez pela invenção da bomba de hidrogénio, a mais poderosa arma de destruição oficialmente testada pelo Homem.
1978 – Menachem Begin, seria por ter colocado a bomba no hotel “Rei David” em Jerusalém, que matou 91 pessoas, ou por ter mandado bombardear o reactor nuclear que os franceses estavam a construir no Iraque, para a produção de electricidade? Hum… Talvez pela invasão do Líbano, à data, o mais próspero país da região, que ficou economicamente arruinado.
1994 – Yasser Arafat, Shimon Peres e Yitzak Rabin… Toda a gente conhece o currículo dos “artistas”, para quê mais palavras.
2001 – Kofi Annan, também tenho algumas dúvidas do motivo de atribuição do prémio… Seria por fingir que os Estados Unidos e principalmente Israel não violaram dezenas de resoluções da ONU, organismo a que presidia?
2005 – Mohamed El Baradei e a AEIA a que preside, talvez por conseguir ser ainda mais “pau mandado” que Annan (o que não é fácil), nas inspecções ao Iraque, ou então, por ter falsificado os relatórios que demonstravam o uso de armamento radioactivo, por parte da NATO, nos bombardeamentos à Jugoslávia.
2007 – Al Gore, é apenas mais um… Mentiroso compulsivo, charlatão convicto, mas acima de tudo, criminosos de guerra, só lhe faltava o Nobel, para completar o currículo.

14 outubro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

É Apache...É um Nobel de Pás.

14 outubro, 2007  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

Al Gore conseguiu o que queria. Auto promover-se e os ingénuos não viram isso. Em Genéve liga-se muito aos média. À opinião pública e ao que dá nas vistas. Tu cá tu lá. Oh pá, venha de lá um Nobel. O Apache tem razão. Concordo consigo. Neste Mundo saber escolher a oportunidade é tudo.

14 outubro, 2007  
Blogger Rodolfo N disse...

Un despropósito....

18 outubro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________