CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

quarta-feira, setembro 12, 2007

Ainda Férias - recortes

Estas férias tive o gozo enorme de me encontrar com Dali e a sua obra, ( não toda que alguns dos mais famosos andavam por Londres na altura) ali mesmo, perto de mim.O meu pintor preferido.

O louco que cria na tela o que poucos conseguem ver e sentir. O labirinto de tintas e imagens que se escondem mas estão lá.

Excêntrico e atrevido , polémico mas totalmente artista, sem medos ou fronteiras e, "nas tintas" para quem critica ou não gosta. Criando pelo prazer de criar.

Criar por prazer e com imagem própria é o seu timbre. Para além da imaginação? Não sei, que a dele é grande.

Pintura e escultura surrealista sim, mas surrealmente surrealista.



Salvador Felipe Jacinto Dalí nasceu em Figueras, Catalunha, na Espanha, em 11 de maio de 1904. Ali me perdi no tempo, no espaço e na imagem, na forma, no que se vê e não vê...e principalmente no sentir.

Gala , a mulher do poeta Paul Élard é a sua musa, o seu amor, a sua inspiração , foi-o desde 1928 quando a conheceu.

Não sei se a sua postura social era apolitica. Sei que era autenticamente sua.

Conseguem ver o que aqui está? É uma mensagem curiosa. Reparem.




ACCB - Ferias Agosto 2007
-

Etiquetas:

6 Comentários:

Blogger DarkMorgana disse...

É bom ver Dali...aqui...

12 setembro, 2007  
Blogger HarryHaller disse...

Com Dali ou sem Dali é agradável ver-te aqui.

Desejo-te um dia agradável Imperatriz do Egipto

Fernando

12 setembro, 2007  
Blogger £oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Consigo ver, perceber é que não.

Peço ajuda!

(e não, não vou fazer gracinha com o Dali Lama)

13 setembro, 2007  
Blogger £oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Ahhh.... esquecia-me de fazer uma referência ao som.

(já fiz)

A gude dei fore iu.
Uane kisse!

Até outro instante, ou desinstante, uorever...

13 setembro, 2007  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

A Vida e a morte? Conheço. É o que me parece também.

14 setembro, 2007  
Blogger M@nza disse...

Este lugar é-me familiar, pois já o visitei e gostei muito, apesar de grande parte da sua obra,como a Cléo diz, estar fora, distribuída um pouco por toda a parte.
Só tenho pena de não ser um feliz proprietário de uma peça assinada por Salvador Dali.
um bjo

17 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________