CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

domingo, setembro 09, 2007

Férias - Episódios


(Tossa de Mar - ACCB)
-
Estas férias começaram com um terramoto no Perú. A natureza mais uma vez movimentou-se e fez das suas a quem das suas fez. Ou seja, o homem chega, instala-se, polui, usa e abusa do ambiente e um dia a natureza movimenta-se.
Movimenta-se com toda a sua naturalidade.
Movimenta-se como se movimentou com o furacão em Cancun e pela Jamaica, a Rep. Dominicana e toda aquela área dos Piratas de contos e lendas.
Mas a natureza é assim, autêntica!
(ACCB - temporal na praia)

Apanhei por tabela um temporal de trovoada e chuva quente com abaixamento de temperatura.
É a natureza das coisas.

Mas o Sol lá foi espreitando e lá foi bronzeando a pele nas águas quentes do Mediterrâneo.
Será o meu Mar preferido?
As notícias foram chegando, mesmo na preguiça da falta de relógio, noticias daqui e dali , de cá e de lá.
A procura de Maddie -http://www.findmadeleine.com/- deixou-me entristecida pela conduta de todos os que numa bola de neve se vão deixando envolver neste assunto.
Confesso que faria tudo para não partir de um país onde fora passar férias com a minha filha, sem a levar comigo. A ela ou à certeza do que lhe sucedera.
Mas estou como o Coutinho Ribeiro comentou logo no primeiro dia em que a menina desapareceu, lembram-se?: -

Triste e estranho
A menina inglesa desaparecida no Algarve: que caso tão triste e tão estranho!
Foi este o comentário dele acompanhado de uma foto da menina

TRISTE e ESTRANHO:
É o que eu acho. E fico-me pelo princípio.
_________________________________
A decisão do meu colega espanhol
(-ACCB - )
A certa altura do inicio das férias e antes do terramoto do Perú, deparo-me com a polémica da decisão do Mmo colega espanhol que decidiu decidir que uma mãe lésbica não era uma boa mãe. E, vai daí retira-lhe as filhas.
Fundamento:- podem vir a ser lésbicas também.(!)
Ora pois, conversa para cá e para lá, à mesa com profissionais do mesmo ramo e, as opiniões , ou a jurisprudência e a doutrina , dividem-se.
Como sempre tenho de chocar os outros, ou dizer coisas menos previsíveis, para quem não me conhece, em bom português, misturado com italiano e espanhol, uma salganhada, lá fui explicando que não concordava nada com a decisão.

Que na verdade as opções sexuais de cada um não determinavam o ser boa ou má mãe bom ou mau pai e ameacei em tom de ironia"recorrer" da decisão do ilustre Magistrado que assim decidira como se para tanto tivesse legitimidade. Por carta já se vê!!
________________________
Passou o aniversário da morte de Diana e novamente a chuva de noticias que nada dizem.

Mais um caso para resolver.
( Estátua eregida a Diana e Dodi pelo pai deste)
O tal Al - Fayed o pai do namorado de Diana, que entende que a rainha deveria ter sido ouvida em Tribunal e vai daí recorreu ao ( não para o) Tribunal Europeu.. E não é que o Tribunal Europeu (só) este ano se vai pronunciar sobre isso? E O Duque pois claro O Duque também devia ter sido ouvido.

E o guarda costas? Ele não morreu. Que é feito dele? Já fala?
Coitada da Diana. Há dez anos que faleceu e não a deixam em Paz.
Será que nunca pode haver Paz num assunto em que não se sabe a verdade?

É. Eu acho que é isso mesmo.Ninguém fica em Paz se não sabe tudo, a razão de tudo, o porquê de tudo.Pelo menos ninguém como eu.Não foi o que entendeu a Juíza Elizabeth ButKer Sloss quando foi pedido que o julgamento fosse feito com Tribunal de juri. E, sem mais aquelas, por não estar familiarizada com esse tipo de julgamentos dimitiu-se do processo.

Havia de ser bonito eu demitir-me de um processo por não estar familiarizada com a forma do mesmo se processar!!!


______________________________



(Tribunal em Malta - La Valeta -ACCB)

É. Sócrates também lá foi. Com Câncio. A Malta.
Dito assim não sei o que parece.
Mas os jornais são artistas em criar titulos chamativos.
Dizem que o Sr. Primeiro Ministro tirou uns dias para namorar com a jornalista na ilha mediterrânica.
Pois fez muito bem É um local encantador e cheio de pormenores históricos. Eu que o diga.
Só não percebo este namoro. e será que tenho de perceber o namoro do nosso primeiro se não percebo "o resto"?
__________________

AH! E os incêndios pois claro. Os Incêndios e o Sr. Luís Abrunhosa Branco.

Não os da Grécia que, mais uma vez são a prova das asneiras dos homens, da loucura dos homens contra a natureza.

Da loucura porque, sendo a hipótese de fogo posto, não há explicação para tamanha maldade.
Ver O Olimpo a arder faz-me acreditar que os Homens devem estar loucos.
E achei graça a uma afirmação peremptória feita por um senhor que não conheço, mas parece perceber do assunto que , por cá disse:

"A par da falta de todo o procedimento, o vastíssimo parque de camiões-cisterna -- de pequena, média e grande dimensão -- que operam no negócio de transporte de água, leite, vinho, desperdícios industriais e todo o resto, deveriam ter sido requesitados para intervirem em cadeias de reabastecimento. A logística foi ignorada no combate aos fogos e isso vai custar muito caro ao país". (sic) - - -


(Luis Abrunhosa Branco, membro da Associação Mundial de Editores de Transporte, in "Carga & Transportes" do Público de 11/8). "


Pois,... não sei não. Nem sequer sei se esses tais veículos estão devidamente equipados para se meterem às chamas. E se a água para apagar incêndios deixa que se reutilizem por exemplo os camiões do leite. E não sei se isso não ía dar prejuízo às empresas. É. Disto eu não percebo mesmo nada.


Afinal é o mesmo em todo o lado.
Enquanto da Grécia a desgraça de um povo serviu para a oposição fazer campanha imediata. aqui mandam-se " bitates" e diz-se que até se percebe do assunto.

Faz-me lembrar " o outro" que quer por a GNR a pilotar aviões para apagar fogos.
Desculpem lá mas não resisti.

____________


ETA
_

Baltasar Garzón quer criar grupo luso-espanhol para investigar atentado de sexta-feira 27.08.2007 - 17h30 Lusa
O juiz espanhol Baltasar Garzón vai solicitar a criação de uma equipa conjunta de investigação com elementos portugueses e espanhóis para investigar o atentado de sexta-feira passada no quartel da Guardia Civil em Durango, no País Basco.

Isto dizem os média que, mais uma vez mal informados, não percebem como funcina o sistema judicial português.

E é pena que não possa formar um grupo com Juízes sim. Mas isso são outras conversas para outras núpcias.

__________________________

Fica aqui um conjunto de recortes Logo , logo mais cusquices!

ACCB

Etiquetas:

11 Comentários:

Blogger £oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Vivemos num mundo cada vez mais triste e estranho.

Fico a aguardar as cusquices

Até outro instante
Um litle kisse...

10 setembro, 2007  
Blogger Nani disse...

Cleopatra...

agradeço a passagem pelo meu cantinho...

Espero que apesar das partidas da natureza, tenhasm sido umas boas férias.

Nani

10 setembro, 2007  
Blogger gata disse...

Bem....eu gosto de te ler, mas assim vou ter que te dedicar todo o meu tempo disponível par aestas coisas!! Bem se vê que a menina está acabadinha de chegar de férias!
Bolas que energia! que Espirito!
Beijo de Gata....welcome back.

10 setembro, 2007  
Blogger JM Coutinho Ribeiro disse...

Em relação ao caso Maddie, penso hoje o que pensei na altura: que coisa mais triste e mais estranha. Triste, pelas razões à vista; estranha, porque a tese do rapto vindo do nada nunca me convenceu.
Eu não tinha elementos na altura. Agora, alguns pouco mais, e inconclusivos. Melhor: obrigo-me a mantê-los no domínio do inconclusivo.
Em relação a este caso, limitei-me a seguir a minha intuição. Tem sido sempre assim a minha vida. Às vezes falhei, quase sempre acertei, mesmo quando é certo que algumas das vezes que falhei foi em coisas decisivas.
Ainda em relação ao caso: no dia 3 de Agosto, ao entrar no Algarve com o meu filho, na zona de Lagos, tentei convencê-lo a ir à Praia da Luz. Ele não se mostrou muito entusiasmado. Por queria eu ir? Porque achei que estava para haver uma reviravolta nas investigações e tudo me dizia que a Maddie estava, algures, ali por perto. Foi precisamente no dia seguinte (ou no seguinte) que se confirmou a reviravolta. Mantive sempre um enorme interesse no caso. E confesso que durante os dias de férias falei com algumas pessoas que me iam adiantando algumas explicações. No fundo, sugeriam-me precisamente o que agora se escreve. Tudo, mesmo antes de os resultados serem neviados para Inglaterra.
É claro que eu tenho uma opinião formada sobre o assunto. A PJ também tem. A única dúvida que me resta, é saber se haverá provas para chegar ao fim. Se não se chegar, um manto negro vai abater-se sobre a Justiça portuguesa.
Quanto ao resto, sobra-me uma imensa perplexidade, a confirmar-se as minhas mais fundas suspeitas.

10 setembro, 2007  
Blogger DarkMorgana disse...

Mas afinal estiveste de férias ou não?
Essa cabecinha já não consegue parar nunca, pois não?
Deixa lá! Isso é bom!

beijinhos

11 setembro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

Morgana, estive de férias pois. Mas não morri!!
E sou cusca! parece que nem me conheces!

Coutinho Ribeiro..É melhor não falarmos aqui nos nossos feelings.
Eu não posso que sou Juiz, e os Juizes não ytilizam só os feelings...
E depois...Podemos estar enganados! ;)

Olá gata!! Eu vou tentar ser mais contida.
O que é dificil!!!!

OLá Nani.
Vou lá muitas xs. Só q não digo nada! Bjito

Olá Louco!
Ainda és mais cusco que eu!!!

11 setembro, 2007  
Blogger arsene lupin disse...

Pelo menos foram umas férias agitadas a nível noticioso.

Fora os casos sobejamennte conhecidos, essa das filhas das lésbicas puderem a vir ser lésbicas é de morrer a rir, ao que um individuo chega para dizer barbaridades dessas.

É preciso dizer-se que esta popstagem foi entrada de "leoa" após férias

11 setembro, 2007  
Blogger JM Coutinho Ribeiro disse...

Cleo: percebo-a muito bem. E mais: se achar que o meu comentário é inconveniente no seu blogue, sabe que pode retirá-lo. Ainda que, obviamente, os meus comentários não a vinculem :-)

12 setembro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

Não tem nada de inconveniente.
Aliás é por isso que lhe faço refer~encia no posto.
Desde o princípio que pensamos o mesmo.Ou muito parecido!
Bj

12 setembro, 2007  
Blogger JM Coutinho Ribeiro disse...

Fico mais tranquilo, caríssima. Outro beijo.

12 setembro, 2007  
Blogger Apache disse...

Puxa, que grande “post”.
Terramoto no Peru, furacão no México… Se (desta vez) foi a “natureza”, talvez “ela” saiba o que faz.
O caso Maddie… A comunicação social ainda não percebeu que quando não há notícias é melhor ficar calada e deixar as novelas para os argumentistas a sério.
Uma lésbica com filhas… Deve ser muito indecisa a mocinha… ou talvez, o que venha à rede seja peixe…
A Diana… gostava tanto de “dar nas vistas”, que 10 anos depois de morta ainda o faz.
Os incêndios… Tenho uma dúvida, quem é o maior sacana, o que incendeia ou o que deixa arder?
Bom, chega de má-língua, vou até ao cinema. Bom fim-de-semana.

14 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________