CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

quinta-feira, maio 08, 2008

click to comment
-
“Um amor feliz precisa do turbilhão das palavras, das frases aparentemente inúteis e sem sentido, precisa de adjectivos, de elogios, do ruído das banalidades. ”
-
In Nada é mais perigoso que o silêncio

9 Comentários:

Blogger Ni disse...

"O silêncio é a retórica dos Amantes..."

Quanto mais baixo se fala, mais perto está o nosso coração do da pessoa em questão... Estão tão perto que quase não é preciso falar...

Beijinhos, Cleo, da Ni***

08 maio, 2008  
Blogger Nogs disse...

Cleo,

Que post tão verdadeiro, tão lindo.

Eu costumo dizer que tenho fome também das palavras que alimentam o nosso amor.

Que post maravilhoso, mesmo.


Beijinho

08 maio, 2008  
Blogger Nogs disse...

guardei o texto para depois referir num dos meus blogs:)

Posso?

beijo

08 maio, 2008  
Blogger OUTONO disse...

“Um amor feliz precisa do turbilhão das palavras, das frases aparentemente inúteis e sem sentido, precisa de adjectivos, de elogios, do ruído das banalidades. ”

E do silêncio...também...Cleo!

Um dia escrevi, que o silêncio, é a música que nos enleia livremente.

Hoje, ainda acredito, que o silêncio é o permeio ideal de um bom relacionamento.

E os olhos....os olhares... dialogam tanto... em silêncio...

Bjs.

08 maio, 2008  
Blogger Cleopatra disse...

Começo a ver que o silêncio tem voz.
Afinal....

08 maio, 2008  
Blogger Cleopatra disse...

E claro Nog
o texto é livre...

Gosto do texto
E gosto do silêncio.
E gosto das pequenas coisas, dos rodriguinhos, dos miminhos, daquilo que muitos acham sem importancia...gosto...Pena que muita gente não dê valor às pequenas coisinhas pequeninas... que saiem da alma... que se fazem num impulso... e pena que muita gente não perceba o que diz o silêncio...

O texto é todo teu.

08 maio, 2008  
Blogger Eva disse...

Da alma retiro os sons e os silêncios que me fazem viver em ti.
Ao corpo roubo os gestos que entrego no silêncio do teu abraço.
E nas nossas conversas loucas e cheias de risos cumplices ganho a força para te querer tanto.

Bjos

08 maio, 2008  
Blogger Cleopatra disse...

OLá Eva. Bem aparecida!
Isso é um presente a viver do passado... pois. Esses silêncios são muito sonoros.........

09 maio, 2008  
Blogger Nogs disse...

Obrigada, querida!

Postei-o aqui:

http://belovsky.blogspot.com/2008/05/nada-mais-perigoso-que-o-silncio.html


Beijooo

16 maio, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________