CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

terça-feira, março 18, 2008

Entre os livros e a prostituição


(...)
«Não é em todos os empregos que se consegue 200 ou 300 euros por dia. Com o que trazemos de casa, mal conseguimos sobreviver e assim vivemos melhor (...)». " ( Continua aqui )

O JC - Anónimo - fez há dias uma postagem que me tocou pelo tema.

Fala ele da prostituição entre as estudantes universitárias que argumentam que de outra forma não conseguiriam 200 a 300 € por dia.
Numa sociedade de crises de valores, entre o prostituir, o assaltar pastelarias , cafés e roubar carros, já não sei o que é pior.
Preocupada com a violência crescente e com a perda de afectos, penso o que será amanhã quando não houver da parte dos nossos adolescentes jovens e adultos, capacidade de lidar com frustrações porque não sabem lidar com afectos.

Outras vezes penso que eles não se preocupam com frustrações . Ignoram-nas. Superam-nas independentemente da forma e das consequências.
Claro que não são todos...são principalmente aqueles cujos afectos não foram ensinados e os valores não tocaram o percurso da formação.

Mas não são só os nossos adolescentes e os nossos jovens.
Todos temos a noção dos negócios de sexo que por aí proliferam com executivas e altos quadros. Há quem invista nisso. Há quem viva disso.
Há quem se ache o máximo por frequentar esses meios e se sinta realizado nesses meios.
Afinal, quem não consegue afectos por si, com dinheiro consegue tudo. São tão prostitutos quanto essas miúdas.
-
Nos E.U.A., politicos e escândalos sexuais, são palavras usadas diversas vezes na mesma frase. Agora é um "Black Book" de uma tal Deborah Palfrey que aterroriza o mundo político americano...Esta senhora de 51 anos, é uma Madame de uma rede prostitutas de luxo, ou melhor, senhoras que não descontam para a segurança social. Até aqui .... Há para aí muita gente que não desconta para a segurança social....

A dita senhora vai a tribunal sob a acusação de "promoção de prostituição". Muito bem. Pretende ela chamar a depor em seu favor, todos os seus clientes... Ainda melhor!!!

A Madame Palfrey entregou o seu livrinho a uma cadeia de tv norte-americana, a ABC e algumas cabeças da Administração Bush vão começar a rolar. ...

Pois é.......o que eu acho é que não vai haver prova. Ninguém sabe, nem viu, nem conhece! Calúnias!

-ACCB



2 Comentários:

Blogger Cabral-Mendes disse...

a carne é fraca...

19 março, 2008  
Blogger Apache disse...

Estas futuras licenciadas certamente não virão a ser professoras.

19 março, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________