CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

terça-feira, setembro 18, 2007





Como los compases cadenciosos de algun tango
con la nostalgia de algun dolor reciente
remuevo en mi interior y pienso:
la vida tiene giros imprevistos...
Somos como notas extraviadas
en el duro pentagrama de la vida,
que transformo la dulce melodìa,
y los acordes sensuales de aquel tango,
en ruidos monocordes, sin calor,
ni poesìa...
.
Poema -8-06 / 7-6

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Rodolfo N disse...

Gracias!!!.Que honor, amiga !
Beijos tangueros!

20 setembro, 2007  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

Um bom tango.

20 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________