CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Outlandish - I Only Ask Of God



Sólo le pido a Dios
León Gieco
-
Sólo le pido a Dios
que el dolor no me sea indiferente,
que la reseca muerte no me encuentre
vacío y solo sin haber hecho lo suficiente.

Sólo le pido a Dios
que lo injusto no me sea indiferente,
que no me abofeteen la otra mejilla
después que una garra me arañó esta suerte.

Sólo le pido a Dios
que la guerra no me sea indiferente,
es un monstruo grande y pisa fuerte
toda la pobre inocencia de la gente.

Sólo le pido a Dios
que el engaño no me sea indiferente
si un traidor puede más que unos cuantos,
que esos cuantos no lo olviden fácilmente.

Sólo le pido a Dios

que el futuro no me sea indiferente,
desahuciado está el que tiene que marchara
vivir una cultura diferente."
-
- A canção veio da Argentina, de 1978. - Mas está viva.

-Mandaram-ma hoje e aqui fica para vocês.

5 Comentários:

Blogger Rodolfo N disse...

Esta es una bellísima canción, y justamente en estos día se hace un recital en Argentina por los años de actuación de Leon Gieco.
Beijos, amiga

04 dezembro, 2007  
Blogger Statler disse...

Os miudos até que cantam bem!

04 dezembro, 2007  
Blogger Waldorf disse...

Oh velho, mas alguém te pediu a opinião? Que mania!

04 dezembro, 2007  
Blogger Statler disse...

Não tens mais nada que fazer, mania de andar sempre na minha peugada, velho d'um raio!

04 dezembro, 2007  
Blogger Apache disse...

Ainda lhe digo mais...

Sólo le pido a Dios
que el engaño no me sea indiferente
si un traidor puede más que unos cuantos,
que esos cuantos no lo olviden fácilmente.

05 dezembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________