CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

sexta-feira, agosto 10, 2007


Do que mais gosto numa refeição, ou melhor, do momento que mais gosto, é do momento do café.
Fecho os olhos e, saborei-o com sabor a café, a mar de preferência ou a pôr do sol se possível.
É um momento qu quero único. Só meu. Distante de tudo o que não me pertence e enleia.
O sabor do café...permanece mesmo muito tempo depois de o ter bebido.
E, enquanto os olhos se espraiam se há mar, ou se ausentam para onde o sentir se encontra...o sabor do café permanece.
Permanece como as lembranças mais doces, mais fortes, mais quentes e mais profundas...como o café.

-
ACCB

13 Comentários:

Blogger Cabral-Mendes disse...

Partilho do mesmo sentir. Um bom café, uma aguardente Ramos Pinto, uma boa cigarrilha (basta-me uma Willem II;) boa companhia e vistas soberbas, como as das fotos. São momentos de paraíso!

10 agosto, 2007  
Blogger António Lisboa Gonçalves disse...

Eu também sou um "viciado" neste ritual do café!!!

Agora um consumidor de Nespresso (grande invenção).

bjs

11 agosto, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

Um António! A publicidade é PODEROSA!!! ;)

11 agosto, 2007  
Blogger António Lisboa Gonçalves disse...

Concordo, no anúncio elas são muito PODEROSAS, e apreciadoras de Nespresso! :-)!!!
bjs

11 agosto, 2007  
Blogger M@nza disse...

Eu também sou um apreciador-devorador de cafés. Para o apreciar tomo-o, muitas vezes, de um só gole.
Só assim consigo saborea-lo (enquanto está quente.
O sabor permanece muito mais tempo.
bjos

12 agosto, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

Pois eu, bebo o meu devagarinho, espalho-o entre a lingua e o palato...saborei-o em goles pequenos... até ficar completamente frio o ultimo gole.
E depois,...resta-me o sabor que me delicia por muito tempo, como depois de fazer amor...

bem acho que estou a exagerar.
Vou-me retirar. Boa noite.

12 agosto, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

Ah! Cabral Mendes..cigarrilha não por favor...Mas, no Inverno um bom brandy meio aquecido em balão de vidro da marinha grande... á beira de uma lareira..e de uma boa conversa...

12 agosto, 2007  
Blogger gata disse...

humm...café!
o meu com chocolate, que derrete, lentamente, abraçado em café quente...

12 agosto, 2007  
Blogger João disse...

afinal tudo tem de ser saboreado através de uma boa companhia às vezes a solidão quando procurada
outras elas próprias nos dão asas
elas próprias são a nossa melhor companhia, um beijo saudoso


P.S
Dia 25 vou espalhar( assim espero) sorrisos em Almeirim conhece?

12 agosto, 2007  
Blogger Apache disse...

Do que gosto mais numa refeição é de uma boa conversa.

13 agosto, 2007  
Blogger Cabral-Mendes disse...

"Prontos", deixemos a (rara) cigarilha e vamos para a lareira...

13 agosto, 2007  
Blogger Mestre disse...

isto quando é um daqueles cafés cujo gosto vale a pena reter.
Beijo suave.

14 agosto, 2007  
Blogger lamia disse...

Há sabores que não se apagam, nem das papilas, nem do tempo, nem da pele.

23 agosto, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________