CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

sexta-feira, dezembro 07, 2007




Passam-se os anos, interiormente séculos, quase uma vida se esvai e de súbito, num comboio que termina a sua marcha encontram-se no sorriso da indesmentível alegria de se reverem .

Ela mirava-o eternecida, acanhada, ele sentiu, ao surpreendê-la, o rufar da alegria no seu interior em festa.

Pelos vistos há demasiado tempo que se tinham perdido.
Seguiram cada um para o seu lado.
Ao perdê-los de vista, carregando as minhas malas, revivi com eles a incontrolável força do gostar.

A minha alma, sorriu-se melancólica à ideia, a vida real interrompida por aquele instante de sonho.
Estarão hoje remoendo o seu passado perdido, talvez a dificuldade do seu presente, Naquele segundo, porém, todo o mundo parou, maravilhado para lhes dar espaço e tempo de uma vida por viver.

JAB

Etiquetas:

5 Comentários:

Blogger Cabral-Mendes disse...

Eu acho que o "nosso" JAB é um incurável romântico... olhe, ainda vai levar a Poesia toda para a OA...faz ele bem que aquilo está precisado...

07 dezembro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

CM, não acabou aquela frase lá em baixo..."que"...,acabe lá por favor. É no poema da Cecília Meireles.

07 dezembro, 2007  
Blogger Ni disse...

A escrita do JAB é uma delícia!
Devia ser compulsivamente obrigado a dedicar-se em exclusivo à arte de escrever... :)

07 dezembro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

O JAB escreve de forma compulsiva.
È um escrevedor compulsivo... E eu uma leitora compulsiva das coisas que ele escreve.

Se levar a poesia para a Ordem...não faz mal... a poesia não fica mal onde quer que esteja.
por vezes imcomoda...paciência.

07 dezembro, 2007  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

E o que doi seguir cada um o seu caminho.

09 dezembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________