CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

domingo, setembro 23, 2007

Pablo Neruda, nascido Neftalí Ricardo Reyes Basoalto, (Parral, 12 de Julho de 1904Santiago, 23 de Setembro de 1973) foi um poeta chileno, um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX, e cônsul do Chile na Espanha (1934-1938) e no México. Recebeu o Nobel de Literatura em 1971
-
"Purity"
Gary Banfield

*
"Por qué se me vendrá todo el amor de golpe cuando me siento triste,
y te siento lejana ..."
_
AUSENCIA
-
Apenas te he dejado,
vas en mí, cristalina
o temblorosa,
o inquieta, herida por mí mismo
o colmada de amor, como cuando tus ojos
se cierran sobre el don de la vida
que sin cesar te entrego.

Amor mío nos hemos encontrado
sedientos y nos hemos
bebido toda el agua y la sangre,
nos encontramos
con hambrey nos mordimos como el fuego muerde,
dejándonos heridas.

Pero espérame,
guárdame tu dulzura.
Yo te daré también
una rosa.


Etiquetas:

10 Comentários:

Blogger LUA DE LOBOS disse...

ME FALTA TIEMPO PARA CELEBRAR TUS CABELLOS

Me falta tiempo para celebrar tus cabellos.
Uno por uno debo contarlos y alabarlos:
otros amantes quieren vivir con ciertos ojos,
yo sólo quiero ser tu peluquero.

En Italia te bautizaron Medusa
por la encrespada y alta luz de tu cabellera.
Yo te llamo chascona mía y enmarañada:
mi corazón conoce las puertas de tu pelo.

Cuando tú te extravíes en tus propios cabellos,
no me olvides, acuérdate que te amo,
no me dejes perdido ir sin tu cabellera.

PABLO NERUDA

24 setembro, 2007  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

Também deixei uma homenagem a Neruda na data da sua morte.
Bom trabalho Rainha.

24 setembro, 2007  
Blogger José Manuel Dias disse...

Uma homenagem justíssima...
Abraço
ET: Porque aprecio este blogue escolhi-o para "Destaque"

24 setembro, 2007  
Blogger Cleopatra disse...

OLá José Manuel! Ainda hoje falei do seu Blog.
Fui agora lá mas não consigo entrar.
Desconfigurou.
Agradeço o destaque. Que coincidência..
Muito obrigada. Que mais posso dizer?
Que fiquei babada? É verdade.
Vaidosa? também é...
Bem é melhor eu continuar a fazer o que tenho de fazer....
Até já.

24 setembro, 2007  
Blogger M@nza disse...

Aquí te amo.
En los oscuros pinos se desenreda el viento.
Fosforece la luna sobre las aguas errantes.
Andan días iguales persiguiéndose.

Se desciñe la niebla en danzantes figuras.
Una gaviota de plata se descuelga del ocaso.
A veces una vela. Altas, altas estrellas.

O la cruz negra de un barco.
Solo.
A veces amanezco, y hasta mi alma está húmeda.
Suena, resuena el mar lejano.
Este es un puerto.
Aquí te amo.

Aquí te amo y en vano te oculta el horizonte.
Te estoy amando aún entre estas frías cosas.
A veces van mis besos en esos barcos graves,
que corren por el mar hacia donde no llegan.

Ya me veo olvidado como estas viejas anclas.
Son más tristes los muelles cuando atraca la tarde.
Se fatiga mi vida inútilmente hambrienta.
Amo lo que no tengo. Estás tú tan distante.

Mi hastío forcejea con los lentos crepúsculos.
Pero la noche llega y comienza a cantarme.
La luna hace girar su rodaje de sueño.

Me miran con tus ojos las estrellas más grandes.
Y como yo te amo, los pinos en el viento, quieren cantar tu nombre con sus hojas de alambre.

Escrito pelo Neruda em 1924

25 setembro, 2007  
Blogger £oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Fico à espera da tradução...

(o apartado ainda é o mesmo)

Até outro desinstante contraditório.

25 setembro, 2007  
Blogger Rodolfo N disse...

Cuanta belleza en esta poesía, gracias por compartirla!.
Beijos

25 setembro, 2007  
Blogger João disse...

yo te daré también una rosa

K saudades!

25 setembro, 2007  
Blogger José Manuel Dias disse...

Penso que tem a ver com o facto de ter passado a usar o Firefox. Parece-me mt mais interesante que o Internet Explorer e é mais rápido.Quem quiser pode experimetar...O link está no meu Blogue.
Abraço

25 setembro, 2007  
Blogger DarkMorgana disse...

Lindo!
Pablo neruda deve conseguir inspirar até o maior dos icebergs...

26 setembro, 2007  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________