CleopatraMoon

Um Mundo à parte onde me refugio e fico ......distante mas muito próxima.

A minha fotografia
Nome:
Localização: LISBOA, Portugal

Sou alguém que escreve por gostar de escrever. Quem escreve não pode censurar o que cria e não pode pensar que alguém o fará. Mesmo que o pense não pode deixar que esse limite o condicione. Senão: Nada feito. Como dizia Alves Redol “ A diferença entre um escritor e um aprendiz, ou um medíocre, é que naquele nunca a paixão se faz retórica.” Sou alguém que gosta de descobrir e gosta de se descobrir. Apontamento: Gosto que pensem que sou parva. Na verdade não o sou. Faço de conta, até ao dia em que permito que percebam o quanto sou inteligente.

online

sábado, abril 05, 2008


Ufff. Eu também não sei nada de matemática....


Albert Einstein, é um exemplo disso. Ficou conhecido para sempre na história e na ciência devido à sua teoria da relatividade, considerado pelo mundo inteiro como um génio.
Sabiam que Einstein na sua infância era considerado um aluno fraco a matemática e a física, chegando mesmo a ser chamado pelos seu professores de “atrasado”???
-
Pois. Eu era boa aluna a física .
Mas era péssima a Matemática . Pésssssiiiiimmmmaaaa.
E, também nunca tive professores inseguros ou mal educados.
-
ACCB

Etiquetas:

4 Comentários:

Blogger Apache disse...

Quanto à questão da matemática, há quem ache que é uma lenda. As suas teorias da relatividade tornaram-se conhecidas pela forma como foram explicadas por um professor (de matemática) de Einstein, o quase desconhecido Minkowski. Os irmãos (do sexo masculino) parece que também não o tinham em boa conta, mas a sua irmã Maria adorava-o.
Viveu uma época fabulosa em termos de desenvolvimento científico, talvez por isso, e por ser idolatrado pela comunicação social, é o cientista mais conhecido no mundo. Muitos não sabem que o Prémio Nobel que recebeu foi pela “descoberta” do efeito fotoeléctrico, nada tendo a ver com as teorias da relatividade. Mas foram de facto estas que o tornaram famoso, apesar de apenas ter desenvolvido as ideias de outro desconhecido, Ruder Boskovic. Einstein, que não podia ser um tolo, porque deu aulas numa das mais conceituadas universidades americanas, Princeton, tinha o mérito de ler muito, mas na minha modesta opinião, esteve longe de ser um génio, era antes um cientista “pop”. Muito do que se lhe atribui como descoberta teve outras origens. As teorias da relatividade são bem a sua imagem, muito populares, incompreensíveis e não completamente autênticas (e de veracidade discutível).
Por falar de lendas, consta que a Marilyn tinha um fraquinho por ele.

06 abril, 2008  
Blogger Pecadormeconfesso disse...

Normalmente os mais inteligentes são os mais problemáticos. Porque será?

06 abril, 2008  
Blogger Aran disse...

Lol! Parece-me que não era o único a não ser compreendido! Vejamos Van Gogh, Mozart e sabe-se mias quem... A grande parte dos grandes génios são sempre problemáticos!

Parece-me que já somos duas!!!
Tb eu era péssima a matemática, mais ainda... a fisíca (retirando quimica pois nesta tive boas notas!), a ingles!!!

07 abril, 2008  
Blogger Cleopatra disse...

Mas aposto que eras óptima aluna a História, a ciências a quimica, fisica, Português, Francês....Desenho... Ginástica, ...
Ai que saudades do Liceu.

07 abril, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

__________